D

por Monique Burigo Marin às 8:01 PM
Ilustração: Bruno Del Rey

Queria que seu nome não fosse um nome comum. Procurei por ele e também o encontrei em toda parte. Mas, nenhum deles é autor dessas palavras que sempre mudam o ritmo da minha respiração. Queria que você soubesse. Queria poder dizer-te. Se ao menos seu nome me levasse até você...
Mas estás tão longe, e tão perto. Perdoe-me a pieguice e a falta de criatividade. Mas quando perco as suas pistas o ritmo quase cessa, sobrevivo em estado latente de felicidade.
É que suas palavras acendem as velas da minha sala escura. Aclaram os pensamentos mais obscuros e ocultos das minhas infinitas prateleiras. Aspiram o pó que acumulou sobre as sensações. Se ao menos você soubesse...
Esse sentimento é mágico e instantâneo. E mais gostoso que Miojo.

Monique Burigo Marin

11 comentários on "D"

Kiko Lemos on 6 de dezembro de 2010 12:34 disse...

Poxa, uma bela criação além de passar um sentimento puro e carinhoso

Gostei =)

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ on 6 de dezembro de 2010 17:05 disse...

Amei o final.. XD
Eu nunca fui fã de Miojo, mas deve ser a mesma sensação que tenho com sorvete de flocos ou pastel... (globo e você... TUUDO Á VER)

Beijão! Adorei o post!

Coyot on 6 de dezembro de 2010 18:10 disse...

qe boniteeeeeeeeeeeeeeeeenho!!!!!!

Mah on 6 de dezembro de 2010 19:51 disse...

Ai que fofa, parabéns pelo texto, adorei! Bjos e voltarei outras vzs.

http://infinito-particularr.blogspot.com

Santoro on 7 de dezembro de 2010 19:49 disse...

é normal descompassar com as pessoas que a gente mais quer dançar - eu me fodo com isso o tempo todo..

www.decopocheio.blogspot.com

gostei também das suas outras viagens querida,

beijos
Jan S.

ps. a falta de letras maiusculas é falta de carinho pelo contexto

Thiago Dominoni on 7 de dezembro de 2010 20:26 disse...

"...em estado latente de felicidade."

Vou deixar meu carinho aqui assim como deixou o seu lá no meu cantinho.

O sentimento sentindo, as veias saltando, o coração gritando e a boca quieta, no silêncio mais querido pintado pelo amor.

Luci on 7 de dezembro de 2010 22:07 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luci on 7 de dezembro de 2010 22:08 disse...

adorei o seu blog
ele é bem diferente
parabéns
http://vivaiona.blogspot.com/

M. Mazzini on 8 de dezembro de 2010 00:17 disse...

Sempre passo por aqui, por mais que nem sempre me expresso, e também com a mesma frequência suspiro com aquela sensação que apenas amantes obsecados pela leitura entendem quando estão de frente com um belo texto.
Sobre este em especial, apenas uma confissão, quem me derá não saber o que é isto.

Maria Luiza on 10 de dezembro de 2010 13:11 disse...

Eis ai o meu fim.

Pedro on 18 de dezembro de 2010 12:20 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
 

Template e imagens do layout por Wiliam Jose Koester.