Já que sou, o jeito é ser.

por Monique Burigo Marin às 12:03 AM

Ah, Clarice. Se eu tivesse essas cores suas. Esses seus jeitos e manhas e defeitos. Eu seria talvez plena em minha melancolia partida.
Ah, Clarice. Se eu pudesse descrever desse seu jeito ímpar e verdadeiro os acontecimentos dos mundos. Eu seria talvez, mesmo que infimamente, compreendida.
Clarice, Clarice. Se eu tivesse essas suas dores e essas suas lembranças agridoces. Eu seria talvez, menos contida, menos muda, menos apagada e sem sal.
Você inunda meus olhos de água com uma única vogal, Clarice. Como pode alguém tão profunda estar sempre na superfície, transbordando nos olhos, meu deus!
E eu estou tão longe de você... eu nem me compreendo.

"Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas... continuarei a escrever."

* O título e a frase final foram respeitosamente emprestados do livro A Hora da Estrela de Clarice Lispector.

Monique Burigo Marin

8 comentários on "Já que sou, o jeito é ser."

Nathália Alves Pires on 20 de janeiro de 2011 01:11 disse...

*---* amei.. Tbm gosto da Clarice, queria ser ao menos parecia com ela. Mas já que não sou, o jeito é não ser.

Lorena Rocco on 20 de janeiro de 2011 01:37 disse...

é ainda estamos longe de Clarice, se bem que... algum dia existirá outra Clarice?

;*

gabs on 20 de janeiro de 2011 11:17 disse...

Clarice, a melhor não é?!
Faço minhas as palavras de Lorena

Mii on 20 de janeiro de 2011 13:13 disse...

Clarice, Clarice... quem não se inspira?

Sirocco on 21 de janeiro de 2011 09:59 disse...

Lindo! Lindo! Lindo! AMO Clarice em todo seu resplendor, em sua sensibilidade! Queria ter vivido e ter sido univrsitário na época em que ela recebia os estudantes em casa para uma tarde de conversa! E ela mesma dizia que não precisava ter medo, era apenas visitá-la, conversar, que ela era apenas humana! MARAVILHOSA! E acredite... você é mulher, voce é poeta! Você já tem algo dela em você!

Milena Buarque on 21 de janeiro de 2011 21:34 disse...

Adoro Clarice. As mulheres mais sensíveis, femininas e, também, feministas se identificam com ela.
Não tem nada melhor. Ela sempre diz o que preciso ouvir. É incrível.

Eu adoro 'Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres'! Tenho um caso de amor com ele, rs.
'A Hora da Estrela' foi o meu primeiro. Depois não parei mais...

Beijo,
Muito bom o post.
:*

Sabrina on 26 de janeiro de 2011 20:01 disse...

Que sempre hajam perguntas sem respostas, então!

*Aprendi a comentar, hihi

deia.s on 27 de janeiro de 2011 23:54 disse...

Gostei do teu blog, tô seguindo aqui :)
Se puder segue o meu também?

http://amar-go.blogspot.com/

- Beeijo!

 

Template e imagens do layout por Wiliam Jose Koester.