Prisioneira

por Monique Burigo Marin às 9:33 PM
Imagem: Brian M Viveros

Sentou naquela escada de madeira que fica em frente ao mar só para torturar-se com a areia entrando nos olhos. Mergulhada em sua própria nuvem de fumaça, pensou em desistir de tudo. Tudo mesmo. Até agora suas insistências só aprofundaram os cortes.
Entorpecida pelas ilusões da vida, caiu inúmeras vezes em teias invisíveis. Apoiou-se em pernas bambas. Tentou, a todo custo, desvencilhar-se das amarras. Enroscou-se ainda mais.
Tragou profundamente as lembranças mais amargas e soprou devagar. Uma por uma.
...Mas é difícil libertar-se daquilo que se é.


Monique Burigo Marin

9 comentários on "Prisioneira"

Anônimo disse...

Não há nada mais triste do que decepcionar-se com os outros, com o mundo.
Mas não desista, afinal mesmo nas coisas feias continua havendo sua beleza.
Não importa se isso seja em uma casa invadida ou em uma varanda bela de cobertura.

Camila on 11 de novembro de 2010 14:57 disse...

Muito bonito o texto, eu adorei *-*

Dan Arsky Lombardi on 12 de novembro de 2010 10:52 disse...

Enrolou todo seu passado, qual folhas de tabaco e acendeu. Sopra devagar a fumaça para dissipar tudo pro ar. Como diabos demora um charuto para queimar!

está maravilhosa sua construção.

P. on 12 de novembro de 2010 17:24 disse...

E como é difícil confiar nas pernas bambas, não é mesmo?

Você escreve muito bem. Espero que, um dia, eu também consiga.

Luan GenTil on 12 de novembro de 2010 18:54 disse...

lindo o texto. sem falar que é de uma naturalidade impressionante! gostei mesmo! vou seguir!

P. on 13 de novembro de 2010 01:19 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
P. on 13 de novembro de 2010 01:23 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
P. on 13 de novembro de 2010 01:23 disse...

Ah, claro. Se tiver tempo, dê uma lida no meu blog; se valer a pena, comente; se for maluca, siga.

Estou te seguindo. :)

Nivaldo Gomes Filho on 22 de novembro de 2010 16:40 disse...

adorei o texto e vou seguir seu blog parabens ta bem aruamdo



que o senhor te abençoe...

 

Template e imagens do layout por Wiliam Jose Koester.