Volátil

por Monique Burigo Marin às 4:06 PM

Queria agora uma desculpa para chorar, deveria ter bebido. É, deveria. Minha lucidez custa caro. Traumatiza. Depois, quem se lembra de tudo sou eu. Eu que te amo incondicionalmente e não quero mais saber do teu amor, que é volátil como o álcool.

Monique Burigo Marin

3 comentários on "Volátil"

Dan Arsky Lombardi on 5 de janeiro de 2012 18:21 disse...

Não sentir por estar embriagado talvez nem seja uma proteção de verdade.

A foto está muito linda!

Ricardo F. dos Passos on 5 de janeiro de 2012 18:23 disse...

As coisas mudam tão rápido...

Iguimarães on 8 de janeiro de 2012 23:32 disse...

deveria ter bebido,só assim estaria próximo a ele.

 

Template e imagens do layout por Wiliam Jose Koester.