Eu, tu e ele

por Monique Burigo Marin às 6:49 PM
                                                                        Ilustração: Sindia
Ela o olhou, só para ter certeza de que ele também a estava olhando, - com aquele sorriso que se curva mais para a direita do que para a esquerda - e estava. O sorriso dele tem cor de Danoninho e sabor de eternidade. Nenhum outro sorriso no mundo lhe dói tanto.
Sua existência, mesmo que latente, me faz querer existir. Assim mesmo, desse jeito meio torto, com os pronomes e os sentimentos no lugar errado.


* Um muitíssimo obrigada ao Wiliam que fez as modificações especiais - em mim e - em meu blog.


Monique Burigo Marin

10 comentários on "Eu, tu e ele"

Camila. on 4 de abril de 2010 17:50 disse...

Lindo demais seu cantinho amor e encontrei textos aqui onde me indentifiquei demais. Sempre preocurarei vir aqui, beijos.

www.menina-normal.blogspot.com

Camila. on 4 de abril de 2010 17:50 disse...

Lindo demais seu cantinho amor e encontrei textos aqui onde me indentifiquei demais. Sempre preocurarei vir aqui, beijos.

www.menina-normal.blogspot.com

feя. on 5 de abril de 2010 08:17 disse...

Monique...
Por onde eu começo? hehe
O texto, ótimo como sempre! Digno de um reinício, de marcar a nova fase.
O blog, divino! Devo ressaltar que pôs abaixo o seu castelo de princesa cor de rosa, mas a aparência mais "madura" - inclusive na foto do perfil - caiu super bem.
Parabéns!!! Você sabe que eu sou fã, "assim mesmo, desse jeito meio torto". rsrs
até...^^

W on 7 de abril de 2010 22:15 disse...

Mais uma vez, texto inspiradíssimo, de uma dor complacente.
Parabéns!
bju

Alexandre on 8 de abril de 2010 19:35 disse...

Amores breves. Gosto disso.

Nathalie on 8 de abril de 2010 19:54 disse...

Gostei daqui! :)

C & I on 8 de abril de 2010 23:00 disse...

PARABENS!!!


onde você guarda esse blog fala? no bolso

meu um tesouro escondido..bom layout..boa escrita..dona bonita! otimo textos..hehe

parabens..divulga isso ai meu! todo potencial pra virar mania
http://contemporaneoeindiscreto.blogspot.com/

dianaBruna on 11 de abril de 2010 02:27 disse...

Querer existir, não importa muito o motivo, é o que importa.
=*

Carol Rodrigues on 13 de abril de 2010 03:18 disse...

eu conheço um sorriso exatamente assim =)

gabriela m. on 14 de abril de 2010 14:42 disse...

sorriso cor de danoninho

:)

 

Template e imagens do layout por Wiliam Jose Koester.